INSS: Veja como estão os valores do benefício em 2022 de acordo com o salário mínimo

Pensionistas e aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que receberem benefícios acima de um salário mínimo deverão efetuar um reajuste de 10,16% em sua remuneração após a publicação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), um órgão usado para referência dos reajustes.

Publicidade

O governo ainda precisa ajustá-lo formalmente por meio de uma regulamentação no Diário Oficial da União. A Ministério do Trabalho e Previdência informou que o INPC é utilizado por lei como base para reajuste de benefícios do INSS, mas acrescentou que ainda não foi definida uma data de liberação da regulamentação.

Sobre o reajuste do teto do INSS

No entanto, com o reajuste, o limite superior dos benefícios do INSS deve ser aumentado de R$ 6.433,57 para R$ 7.087,22. Ou seja, o reajuste de 10,16% se aplica apenas às pessoas que receberam o pagamento em 1º de janeiro de 2021. Então, os segurados que receberem benefícios do INSS a partir de fevereiro de 2021 sofreram um percentual de reajuste menor porque não receberam o pagamento integral de 12 meses. Portanto, quanto mais tarde for a data de início do benefício, menor será o percentual de reajuste.

Publicidade

No entanto, nos próximos dias, Ministério do Trabalho e o INSS também devem monitorar percentual de reajuste proporcional. Para aqueles que recebem benefícios do salário mínimo, o salário mínimo nacional foi aumentado para 1.212 reais a partir de 1º de janeiro. Por lei, as pensões, auxílio-doença, reclusão e pensão por morte pagos pelo INSS não devem ser inferiores a 1 salário mínimo.

Valores reajustados do INSS

Benefício 2021 Benefício 2022
R$1.100 R$1.212
R$1.200 R$1.322
R$1.300 R$1.432
R$1.400 R$1.542
R$1.500 R$1.652
R$1.600 R$1.762
R$1.700 R$1.872
R$1.800 R$1.982
R$1.900 R$2.093
R$2.000 R$2.203
R$2.100 R$2.313
R$2.200 R$2.423
R$2.300 R$2.533
R$2.400 R$2.643
R$2.500 R$2.754

 

Contudo, após a confirmação do reajuste de 10,16% para beneficiários do INSS com mais de um salário mínimo, o reajuste será um pouco inferior ao do salário mínimo, que foi de 10,18%, ou R$ 112, em relação ao valor do ano passado (R$ 1.100), mas quase 2 reais estão inclusos na indenização para reajustar o salário mínimo abaixo da inflação em 2021.

Mas, no ano passado, o reajuste foi de 5,45% para beneficiários do INSS que receberem mais de 1 salário mínimo. Para quem ganha 1 salário mínimo, o percentual é de 5,26%.

Sobre o pagamento do beneficio

Em suma, segundo o INSS, dos 36 milhões de benefícios pagos, 23 milhões receberam o valor de um salário mínimo, ou 36% da renda bruta acima do salário mínimo nacional. Portanto, quem recebe benefícios no valor do salário mínimo recebe primeiro. Agora, o calendário para janeiro começa no dia 25. Entretanto, para aqueles que excederem o limite nacional, os pagamentos começarão em 1º de fevereiro. O pagamento leva em consideração o número final do benefício, independentemente do último dígito após o traço.

Saiba também: Aprovado o novo projeto Refis para empresas do Simples Nacional e para MEIs

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário