Pequenas e médias empresas do Rio de Janeiro correspondem a 10,82% das exportações no Brasil

Quando falamos de exportação, 10,82% das MPEs (Pequenas e Microempresas) brasileiras fazem parte desse negócio, já o Estado do Rio de Janeiro está em terceiro lugar como uma das maiores atividades do Brasil em 2020. No entanto, o Rio só fica atrás de São Paulo e Minas Gerais. Agora, já no ano de 2021 o volume de exportação foi de 12,49%, uma porcentagem bem alta para exportação.

Publicidade

Contudo, com os dados divulgados pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa), juntamente com a CNI (Confederação Nacional da Indústria) mostrou que as MPEs têm como destino principal para exportação a China, com a porcentagem de 47%, em seguida para os Estados Unidos, com 21% das exportações. No entanto, grande parte da pauta é ocupada pelo petróleo, e o faturamento entre o petróleo bruto e os derivados diretos ultrapassou 70% em 2019.

Sobre as exportações no Brasil

Segundo dados da Organização Mundial do Comércio (OMC), o Brasil é o 27º maior exportador do mundo em 2019. Embora os resultados sejam positivos, a taxa de crescimento desacelerou ligeiramente em relação ao período 2015 a 2019. Afinal, as exportações do Brasil foram de aproximadamente 221,1 bilhões de dólares, uma queda de 4,6% em relação a 2018, e decaiu para 5,4% em 2020, totalizando 209,2 bilhões de dólares.

Publicidade

Portanto, de acordo com Miriam Ferraz, coordenadora do Sebrae de Negócios Internacionais, o Brasil precisa investir em mercados novos. Afinal, o país participa dos comércios internacionais apenas em 0,9% e 1,3%, sendo insignificante, já que é a 8° maior economia. Ou seja, os produtos e serviços tem uma chance enorme de conquistar mercados novos pelo mundo.

Sobre as participações das empresas nesse comercio

No país mais de 25 mil empresas exportam, entre elas 9,5 mil são de pequeno porte. Então, mesmo que diversas outras participem, apenas 1% das micro e pequenas empresas negociam com o mundo. O Ministério da Economia realizou um levantamento apontando que em 2020, as MPMEs que exportam a grande maioria são equipamentos, têxteis, produtos de metal, maquinas e vestuários.

Por isso, com a finalidade de orientar e auxiliar o Sebrae está disponibilizando um espaço de oportunidade, que avaliará a exportação e o potencial do dólar. Além disso, mostrará quais alvos o mercado está precisando. Em suma, para quem deseja expandir seus negócios e conquistar novos clientes, o mercado internacional é uma opção promissora.

Saiba também: A fim de conter a inflação no Brasil, o Governo reduziu 10% a taxa de importação até dezembro de 2022

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário