Empréstimos empresariais: O que é preciso saber antes de solicitar? Descubra!

Já se foi o tempo em que os empréstimos corporativos eram vistos como os vilões do mercado. Quando usado de forma inteligente, pode trazer enormes benefícios para a organização e até mesmo afetar o crescimento da empresa. Porém, a maioria dos profissionais não sabe qual é o momento certo para fazer tal solicitação.

Publicidade

Contudo, a decisão de obter recursos financeiros de terceiros nem sempre é uma escolha fácil, pois muitos fatores devem ser analisados antes de qualquer decisão ser tomada. Então, se você tiver a oportunidade de agregar valor ao seu negócio e exigir mais capital do que a sua empresa possui, o financiamento corporativo pode ser a solução. Mas é importante fazer um planejamento cuidadoso antes de solicitar um empréstimo.

Para que o empréstimo deve ser usado?

Não basta querer fazer crescer o negócio. Você deve desenvolver um plano de uso de empréstimo específico, seja para expandir a produção, contratar novos funcionários ou expandir o marketing. Se você não tiver uma resposta clara sobre como o empréstimo o ajudará a expandir seus negócios, provavelmente não deve solicitar um empréstimo.

Publicidade

Sua resposta deve ajudar a determinar que tipo de financiamento corporativo é necessário. Se você tiver problemas de fluxo de caixa, uma linha de crédito pode ser uma boa escolha. No entanto, se você planeja fazer uma grande compra, pode precisar de um empréstimo tradicional.

Quanto é preciso?

Você deve ter cuidado quando se trata de quanto seu negócio precisa de financiamento. Suponha-se que a instituição precise de R$ 25 mil para contratar novos colaboradores para ajudá-lo a concluir um grande contrato. Então, no momento em que solicita um empréstimo o banco dobra o seu pedido em R$ 50 mil. Mesmo que seja muito tentador, pegar essa quantia consequentemente aumentará os custos de juros e despesas, e ainda ficará endividado por X meses. Por isso, é necessário pensar em tudo, para não pegar pouco e não conseguir investir no que é preciso.

A pontuação de crédito da empresa é boa?

A boa reputação e pontos da empresa conta muito no ato de solicitar o crédito empresarial. Portanto, verifique as dívidas e relatório da instituição, se encontrar problemas financeiros resolva antes de pedir o financiamento. Porém, não se iluda, as vezes a pontuação de crédito seja boa, mas o banco não disponibiliza o crédito necessário para ajudar na empresa. Então, não se preocupa caso esteja baixo a pontuação, tudo irá variar de acordo com a instituição bancaria.

Qual é o melhor empréstimo?

Os empréstimos são muito diversificados, além de créditos tradicionais, existem também outros especificamente para cada credor, veja:

  • Crédito online: empréstimos solicitados diretamente com fintechs de finanças que usam o meio digital para fornecer o serviço de forma rápida e fácil;
  • Cartão comercial: Deve ser utilizado apenas se o pagamento for a curto prazo. Ou seja, se a empresa precisar do dinheiro a curto prazo;
  • Antecipar notas: A empresa pode usar a antecipação de notas faturadas para movimentar o fluxo do caixa;
  • Autofinanciamento: A instituição pode usar os recursos próprios para financiar um X valor, sem precisa de terceiros envolvidos.

Entretanto, se não for necessário no momento, não solicite o empréstimo. Porém se for necessário os bancos online podem ajudar a receber o valor em menos de um dia útil. Procure se informar. Contudo, no caso da antecipação de notas, o empresário deverá ter um grande volume de operações de notas, para que seja possível usar esse método. Agora, já o autofinanciamento deverá ser disponibilizado apenas para empresas que obtém um fluxo de caixa alto, para que não comprometa os valores de outras despesas. Para finalizar, busque sempre informações sobre empréstimos em vários bancos confiáveis, escolha as fintechs com menos taxa de juros.

VEJA TAMBÉM: Entenda a importância de promover a diversidade dentro das empresas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário