Concessionárias oferecem 30% de desconto em carros 0km para MEIs e pequenos empresários

Microempresário individual, você saiba que sua empresa tem direito de comprar um automóvel 0 km com desconto de até 30%? Independentemente do porte da empresa, muitas montadoras oferecem os chamados descontos de CNPJ. Esse é um benefício que o governo federal oferece para essa categoria, pois o valor reduzido é descontado do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Publicidade

Algumas indústrias automotivas usam métodos de venda direta, incluindo: Volkswagen, Fiat, Chevrolet e Renault. O desconto varia entre 2,5% e 30%. Você deve sempre verificar com a montadora se existe uma política de vendas diferenciada para a empresa. Além disso, deverá manter o veículo por no mínimo 12 meses para evitar o uso de descontos na revenda do veículo, e só poderá desfrutar desses descontos somente na compra de carros 0 km.

Como ter direito a essa vantagem?

Para ter direito ao desconto, a parte interessada deve possuir cadastro nacional de pessoas jurídicas e atender à categoria de microempreendedores, ou seja, a renda anual não pode ultrapassar R$ 8 mil. O franqueado deve mostrar o contrato social da empresa e o registro estadual atual.

Publicidade

Lembre-se, o veículo adquirido está associado ao CNPJ da empresa, não ao indivíduo. Portanto, este carro pertence à empresa. Além disso, o MEI deve manter o veículo por pelo menos 12 meses. O padrão foi criado para evitar a compra de veículos a preços com desconto e depois revendê-los a preços de mercado. Há uma vantagem melhor, o carro usado para o trabalho pode ter um desconto maior. Deve-se sempre atentar para a documentação do carro, pois ele estará registrado com o nome da empresa. Posteriormente, os impostos deverão ser pagos em dia.

Benefícios de ser um MEI

Além do benefício citado acima, os autônomos pagam menos impostos e podem contratar até 1 empregado registrado. O MEI se trata de uma pessoa autônoma e que está devidamente legalizada como pequena empresa, desde que ganhe no máximo R$81 mil por ano e não tenha participação em outra empresa como sócio, administradora ou proprietária.

Empreendedorismo digital: Como fundar uma empresa no mercado virtual?

Contudo, existe o benefício do baixo custo mensal nas taxas e nos tributos. Entretanto, esse valor depende do tipo de atividade que sua empresa vai realizar, mas atualmente está em torno de R$60, valor muito inferior a qualquer outro tipo de empresa. O valor é reajustado anualmente de acordo com o salário mínimo. O MEI tem uma série de benefícios de seguridade social, como auxílio doença, pensão e maternidade. Tudo isso pagando apenas 5% do salário mínimo. Todavia, quando você se torna um MEI o Sebrae te da todo o apoio técnico, para negociar e conseguir preços melhores na compra de mercadorias para revender.

O que é MEI?

O MEI foi criada em 2009 para libertar freelancers e pequenos empresários das informalidades. Esta é uma empresa simples, que se adapta bem às necessidades de quem trabalha de forma independente. Após a oficialização do MEI, o empresário passa a ter CNPJ ( adastros Nacional da Pessoa Jurídica) próprio, emissão de nota fiscal e possibilidade de obtenção de benefícios previdenciários.

MEI é uma natureza jurídica (tipo societária) destinada a promover a uniformização da atividade económica dos trabalhadores independentes sem sócios. Dos mais de 3,3 milhões de empresas abertas em 2020, mais de 2,6 milhões são MEIs. Esse número aumentou 8,4% em relação a 2019. Atualmente, o Brasil tem mais de 11,3 milhões de MEIs ativos. Segundo levantamento do Sebrae, somado aos dados da Receita Federal, essa é a maior adesão dos últimos 5 anos.

VEJA TAMBÉM: Empréstimos empresariais: O que é preciso saber antes de solicitar? Descubra!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário