Como as empresas podem se preparar para futuras pandemias? Veja dicas de como se planejar

Com a crise sanitária mundial no qual estamos vivendo, muitos empresários precisaram lidar com o coronavírus e o impacto que causou suas empresas. No entanto, esse momento é bem complicado e causa muitas preocupações em todos os empreendedores que buscam blindar sua empresa diante de outra pandemia.

Publicidade

Com isso, a procura de uma estratégia ideal para superar a crise atraiu a atenção de gestores em todos os setores, desde microempresários individuais até grandes empresas multinacionais. Nesse caso, as organizações que estão preparadas para lidar com os efeitos da crise econômica e fazer as escolhas operacionais corretas e com foco no futuro podem sobreviver.

Impacto da pandemia em pequenos negócios

Não há como negar que a Covid-19 já impactou a economia, e o impacto se fez sentir nos mais diversos setores. Em diversos lugares, 88% dos pequenos e microempresários do país apresentaram queda no faturamento mensal. Segundo o Sebrae, a pesquisa ‘’O impacto da pandemia nos pequenos negócios’’, analisou aproximadamente 6 mil empreendedores pelo país, os relatos constam que em média 75% das empresas perderam o faturamento mensal desde o começa da crise.

Publicidade

No entanto, 73% dos entrevistados contaram que a situação financeira das instituições antes mesmo da pandemia já era baixa, mas com a chegada dela piorou ainda mais. Mas, durante a pesquisa foi perguntado se eles sabiam sobre as ajudas financeiras que o governo estava dando aos empresários, 29% contou que não conhece e 57% ouviu falar em algum lugar, mas sem informações concretas sobre os projetos.

A Covid-19 e os impactos nas grandes empresas

Contudo, é preciso saber que não são apenas os pequenos empresários que enfrentaram desafios em meio à crise. Portanto, em alguns nichos de mercado que são coordenados por empresas grandes, em sua maioria foram mais afetados pela pandemia.

Agora, as empresas de hotelaria foram de longe uma das mais afetadas com o distancia social. Isso porque em diversos lugares foi preciso fechar alguns quartos e resorts, para manter a segurança sanitária. No entanto, em diversos lugares do país, hotéis foram obrigados a encerrar os seus serviços, impossibilitando o fluxo de caixa. Este é um período de incertezas, e quando olhamos para o valor das principais ações negociadas na Bolsa de Valores Brasileira B3, isso fica claro. Afinal, desde o início do ano, o Ibovespa, que acompanha o valor das maiores empresas, caiu aproximadamente 35%.

Afinal o que é renda fixa? Saiba mais sobre a diferença entre fixa e variável

Práticas adotadas pelas empresas

Em geral, o empreendedorismo sofreu as consequências da pandemia Covid-19. Em todo o mundo, as pessoas precisaram se adequar suas vidas a uma vida mais familiar, foi preciso reduzir o tempo em locais públicos e evitar o contato tanto quanto possível.

Para muitas pessoas, a nova realidade foi levar o escritório para casa. O chamado home office não é inteiramente novo, mas no período em que muitas empresas tiveram que fechar as portas, esse modelo de trabalho ganhou força. No entanto, a liberação de funcionários para trabalho remoto não é o único ajuste que foi feito. Comércios do mundo todo geralmente negociavam presencialmente, mas com o avanço da pandemia de adaptaram a vender seus produtos pelas plataformas online.

Como preparar a sua empresa para uma crise

A pandemia do coronavírus pegou a todos de surpresa e fez com que muitos empresários perdessem o sono enquanto buscavam soluções para manter seus negócios prosperando. Afinal, nunca é fácil sobreviver a uma crise econômica, mas existem algumas ações que podem ser tomadas para se preparar para o futuro.

  1. Como proteger os colaboradores em uma crise sanitária?

Nem todas as empresas podem liberar os funcionários para atuarem em casa. Existem funções, como por exemplo os comércios que a prestação de serviço precisam ser presenciais, como são serviços essenciais as adaptações para a segurança da saúde precisaram ser tomadas. Se o empreendimento for nesse ramo, forneça a sua equipe de funcionários adaptações que não comprometam a saúde.

  1. Aprimore a comunicação da empresa

Para conseguir sobreviver a esses momentos de crise, ter uma boa comunicação é indispensável. Veja mecanismo que ajudem na comunicação da empresa. Atualize sempre os colaboradores com os próximos passos que a empresa dará.

  1. Reveja as metas durante uma crise

Com a crise atual no qual estamos passando, é improvável não achar alguém ou empresa que tiveram os seus planos frustrados. Por isso, em meio a crise é preciso rever as metas e ser realista conforme a situação a crise. Procure alternativas que ajudem na estabilidade da empresa, sempre projetando o crescimento pós crise.

  1. Cuide das finanças

Com o momento de incerteza, as empresas sempre ficam ‘’desesperadas’’ quando o assunto é o financeiro. Então, em momentos de crise, a criatividade é fundamental para que a empresa não quebre. Faça reservas financeiras para garantir a saúde da sua empresa. Em suma, em períodos de crise, a recomendação é que as empresas sempre tenham uma reserva financeira para evitar o fechamento. Portanto, siga sempre as dicas do governo para que o mundo passe por isso o mais rápido possível.

VEJA TAMBÉM: Você sabe o que é a Lei Complementar das Startups? Descubra!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário