As micro e pequenas empresas são 46% melhor se comparado a empresas de grande porte

O começo do Ambientais, Sociais e de Governança (ESG) parecem estar limitados às grandes empresas, mas uma pesquisa com 300 empresas de diferentes portes e segmentos de mercado no Brasil mostra que as micro e pequenas empresas estão liderando as questões relacionadas à nova economia Status, isso inclui siglas. Em termos de ESG, eles superaram as grandes empresas em 46%.

Publicidade

Entretanto, esses resultados indicaram também que as micro e pequenas empresas no Brasil superaram as grandes empresas em cinco pontos: valor, estratégia e proposito, aprendizado, cultura consciente e mudança na liderança. No entanto, com exclusividade a outras mídias, o “Melhores para o Brasil” da Humanizadas analisa a qualidade dos relacionamentos que as instituições constroem lideranças, clientes, fornecedores, colaboradores e sociedade em geral.

Sobre a Humanizadas

De acordo com o CEO da Humanizadas, Pedro Paro, no Brasil, a tendência das micro e pequenas empresas tenham melhor desempenho. Claro que existem bastante exceções, mas em geral, empresas com 5 ou 20 funcionários são mais propensas a desenvolver culturas sustentáveis, ter um ambiente psicologicamente seguro e ser mais sustentável do que empresas com 30 mil ou 100 mil funcionários.

Publicidade

Além disso, Pedro explicou que essas empresas, fazem os empreendedores se aproximar das pessoas, sejam stakeholders ou funcionários, para que possam achar problemas e ajustar seu rumo mais rapidamente. Agora, assim que uma organização começa a desenvolver, as camadas crescem juntas e a complexidade da gestão e da liderança aumenta, o que interfere nos tempos de resposta a erros. No entanto, existem também algumas empresas de grande e médio porte que são bem recebidas, como Magazine Luiza, Liv Up, Sabin e Banco Inter.

Primeiramente, para ter uma classificação, preciso saber que variam entre 11 evolutivos níveis (de AAA a E, sendo que o mais alto é o primeiro), a Humanizadas identificou quem eram os stakeholders da empresa e os ativou por meio de uma pesquisa online que coletou esses públicos são pareados com a organização. Quem respondeu o questionário não foi determinado. Das 300 pessoas avaliadas, 200 pontuaram acima do BBB, que é considerado um alto nível de qualidade.

Negócios de impacto

Entre as micro e pequenas empresas altamente cotadas estão muitos nomes de empreendedores de impacto social como Simbiose Social (promovendo o patrocínio de negócios de impacto), Politização! (da educação política) e 4 hábitos que mudaram o mundo (da reciclagem de lixo).

No entanto, assim como empresas de médio e grande porte, existem negócios que não são considerados influentes, mas possuem modelos sustentáveis ​​e seguem estratégias que valorizam a ética e as pessoas. Par finalizar, para essa pesquisa foram avaliadas 300 corporações na relação de propósitos, valor de liderança e estratégia.

Veja também: O Brasil ocupa a 7ª posição no ranking de países com mais empreendedores

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário